Alunos UniFOA no Anima VR 3D


Acadêmicos turbinaram o currículo com curso de animação

Publicado em 6/3/2018

Alunos e egressos dos cursos de Administração, Engenharia de Produção e Design participaram, no último sábado, 3, do encerramento do Anima VR 3D, no Colégio João XXIII, em Volta Redonda. A parceria entre o UniFOA e a empresa OnByte, possibilitou que os acadêmicos fizessem um curso de animação que fortaleceu ainda mais os currículos profissionais deles. 

Para a coordenadora de Design, Patrícia Rocha, a oportunidade foi propícia para que os discentes pudessem se aprofundar na área que é bastante promissora.

- Incentivamos toda e qualquer forma de conhecimento que agregue à formação. Duas egressas do curso se aprimoraram nas animações 3D e agora podem voltar para ensinar o que aprenderam aos colegas, frisou a coordenadora.

Para os alunos foi uma experiência muito proveitosa, na qual eles tiveram contato com diversos softwares que são a base da animação, como, por exemplo, o software Maya. A egressa Giulia Patitucci já pensa em se aperfeiçoar ainda mais para atender o mercado de trabalho da região.

- Depois do que aprendi aqui, procurei saber mais sobre animação. Pretendo começar a desenvolver alguns projetos nessa área, gosto muito de cinema unir trabalho e hobby será fantástico. O curso foi o pontapé inicial, adiantou a designer.

O curso faz parte do Programa Território Culturais RJ/ Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura em parceria com a Light, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o UniFOA e a Prefeitura de Volta Redonda.

Para a aluna de Administração, Cláudia Amyrís, a experiência de atrelar seu hobby com a graduação já visa novas oportunidades no mercado de trabalho “O curso me proporcionou conhecimentos do que eu mais gosto de fazer e me fez notar o quanto o mercado da animação está em alta. Quem sabe, futuramente, não consiga uinr administração e animação?", cogitou a discente. 

Já o aluno de Engenharia de Produção, Daniel Rema, contou que oportunidade serviu para alavancar uma paixão. "Sou quase um engenheiro, mas tenho o pé no Design e na animação. Como não não tinha muito contato com os softwares que são usados nessa área criativa, ainda não tinha conseguido me aprofundar nesse hobby. Agora já me sinto mais preparado para encarar novos desafios", finalizou o acadêmico. 

Confira os registros: 


Veja Também: