A luta pela manutenção da vida


No dia do Assistente Social faz necessário ressaltar a importância da profissão em tempos de crise

Publicado em 15/5/2020

O Serviço Social faz parte do rol das profissões da saúde, o que reforça a importância do trabalho do assistente social em situações de emergência como a atual. Esses profissionais, regulamentados, em seu cotidiano de trabalho, conhecem de perto as necessidades da população e o território em que vivem.

É exatamente nestes momentos críticos que reafirmam os compromissos éticos e políticos na defesa da vida, da liberdade e da emancipação humana como valores fundamentais. A atuação profissional é fundamental, para que a população tenha acesso aos serviços de saúde, assistência e previdência social, além de benefícios eventuais que serão essenciais.

Ressaltamos a importância do trabalho do assistente social nesse período de pandemia, em que grande parte da população é atingida não somente pelo COVID-19, mas também pelas consequências dele. OS profissionais estão sempre na luta por uma sociedade mais justa e igualitária, a favor da manutenção da vida da população mais empobrecida.

“Observamos que a pandemia agravou uma situação que já era marcada antes por uma série de desigualdades. Conforme prevê o Código de Ética da(o) Assistente Social, é dever do profissional lutar pela ampliação e consolidação da cidadania para a garantia de direitos das classes trabalhadoras”, destacou o professor do curso de Serviço Social, Felipe da Matta.


Veja Também: